cunha e collor

O STF (Superior Tribunal Federal) recebeu na tarde do dia 20/08, denúncias contra o deputado federal e presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o senador e ex-presidente da República Fernando Collor de Mello (PTB-AL). As denúncias foram entregues pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot.

Cunha e Collor enfrentam denúncias de recebimento ilícito de propinas referente a contratos da Petrobras investigados pela Operação Lava Jato.

Eduardo Cunha começou a ser investigado após delação premiada do lobista, empresário e representate da Toyo Setal, Julio Camargo, que afirmou que o político recebeu US$ 5 milhões de dólares para facilitar a contratação de navios-plataforma da Petrobras pela sul-coreana Samsung Heavy Industries.

Já Fernando Collor, teria recebido R$ 26 milhões em propinas entre 2010 e 2014, para favorecer contratos com a BR Distribuidora.